A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (09/03), 2.980 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 16 (0,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.964 (99,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 855.083 casos confirmados da doença, sendo 57.796 graves e 797.287 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Também foram confirmados laboratorialmente 11 óbitos (7 masculinos e 4 femininos), ocorridos entre os dias 02/12/2020 e 06/03/2022. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Aliança (1), Belo Jardim (1), Camutanga (1), Granito (1), Recife (6) e São Vicente Ferrer (1). Com isso, o Estado totaliza 21.177 mortes pela Covid-19.

Os pacientes tinham entre 57 e 96 anos. As faixas etárias são: 50 a 59 (1), 70 a 79 (4) e 80 e mais (6). Do total, dez tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (6), diabetes (3), câncer (2), doença neurológica (2), doença renal (1), doença respiratória (1) e etilismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um segue em investigação.

PFIZER PEDIÁTRICA – Chegou a Pernambuco a 12ª remessa de doses de vacinas contra a Covid-19 destinadas ao público pediátrico. Na tarde desta quarta-feira (09/03), mais 60.900 doses do imunobiológico da Pfizer foram entregues na sede do Programa Nacional de Imunizações (PNI-PE) e já estão sendo separados para o envio aos municípios pernambucanos. O montante recebido deve ser utilizado para finalização dos esquemas vacinais, com aplicação de segunda dose, em todos os grupos etários dos 5 aos 11 anos.

A vacinação infantil no Estado, com as doses da Pfizer – a primeira que recebeu autorização para uso em crianças-, teve início no dia 14 de janeiro. “Chamamos a atenção dos gestores municipais e dos responsáveis por essas crianças que a partir da próxima semana inicia-se o período de aplicação da segunda dose daqueles meninos e meninas que iniciaram seus esquemas vacinas nos primeiros dias da campanha, com este imunizante. A segunda dose do imunizante da Pfizer deve ser ministrada após 8 semanas da primeira aplicação”, reforça a superintendente de Imunizações, Ana Catarina de Melo.

“A estratégia de cada território deve estar atenta para buscar este público e ofertar a segunda dose em tempo oportuno. Não devemos dar brecha para criação de bolsões de crianças desprotegidas”, acrescentou.

No Brasil, podem receber a vacina Coronavac as crianças de 6 a 11 anos, exceto as imunossuprimidas, que devem receber exclusivamente a vacina Pfizer. As crianças de 5 anos, também só podem receber o imunizante da Pfizer. Até esta terça-feira (08/03), foram aplicadas 515.857 primeiras doses (cobertura de 43,63%) e 25.132 segundas doses (2,13%), no público pertencente à faixa etária de 5 a 11 anos.

DOSES RECEBIDAS – Do início da campanha, em 18 de janeiro de 2021, até o momento, Pernambuco já recebeu 20.466.583 doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, foram 5.341.920 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz; 4.287.253 da Coronavac/Butantan; 8.359.560 da Pfizer/BioNTech; 563.300 doses da vacina pediátrica da Pfizer; 947.240 doses da vacina da Coronavac/Butantan para as crianças e 940.310 da Janssen.

BALANÇO DA VACINAÇÃO – Pernambuco já aplicou 17.325.383 doses de vacinas contra a Covid- 19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado (no dia 18 de janeiro de 2021).

Com relação às primeiras doses, foram 7.979.584 aplicações (cobertura de 89,91%). Do total, 6.798.571 pernambucanos (76,60%) já completaram seus esquemas vacinais, sendo 6.625.445 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 173.126 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Em relação às doses de reforços (terceira dose), já foram aplicadas 2.547.228 (cobertura de 38,56%).

Outras informações detalhadas sobre a população vacinada contra a Covid-19 estão disponíveis no Painel de Acompanhamento Vacinal, que pode ser acessado pelo https://bit.ly/3xteooh. No ambiente on-line, há as coberturas por grupo e por municípios, doses aplicadas x distribuídas por cidade, perfil dos vacinados (sexo, raça/cor). Há, ainda, as bases de dados para download.

FONTE: COMUNICAÇÃO SES-PE